Páginas de Navegação do Menu

Cai no mesmo pecado e agora?

Cai no mesmo pecado e agora?

Alguma vez você pecou por ter falado demais? Ou por ter falado quando devia se calar? Ou por ter se calado quando devia falar? Se a resposta é sim, me deixe fazer outra pergunta. Já errou mais de uma vez nisso? Se você caminha com Deus e conhece um pouco o seu amor sabe que o mesmo perdão que o perdoou a primeira vez quando errou é o mesmo liberado quando pela segunda vez.

Muitas vezes algumas pessoas parecem não crer nisso. É como se Deus tivesse duas graças diferentes: uma para pecados diferentes e outra para pecados repetidos. Se eu cometo erro A, B, C, D e peço perdão, Deus me perdoa. No entanto, se cometi o erro A várias vezes então, não sou digno da graça de Deus. Isso é mentira!

Deus perdoa todas as iniquidades e, pasme no que vou lhe dizer, até mesmo aquelas que cometemos pela vigésima vez! Aliás, um jovem certa vez muito triste por errar tantas vezes, perguntou a um sábio pastor: “Poxa, eu fico tão triste de errar seguidas vezes o mesmo erro. Eu poderia pelo menos, cometer outros erros, não é mesmo?” O pastor disse: “Pelo que conheço a seu respeito, duvido que um dia você seja tentado a roubar, por exemplo. Na verdade, existem erros que você nunca será tentado a cometer, pois não faz parte da sua índole. O perdão, a misericórdia, a força de Deus é precisamente para as áreas da sua fraqueza.”

Quando você vem para pedir perdão a Deus pelo mesmo erro e diz: “Perdão, Senhor, por essa situação, errei de novo”, Deus diz: “De novo onde filho? Quando olho para o seu passado só vejo o sangue do meu filho.” Aleluia!

Ao dizer isso de forma nenhuma, estou defendendo um estilo de vida pecaminoso. Pois quem nasceu de novo e ama a Deus jamais vai ficar errando de propósito e depois pedindo perdão. Se alguém age assim precisa nascer de novo! Na verdade estou defendendo a libertação do ciclo do pecado na sua vida. Pois ao olhar a graça de Deus cada vez mais terá força para se ver livre de pecados que o atormentam.

A Bíblia diz: “O pecado não terá domínio sobre nós, pois não estamos debaixo da lei, mas debaixo da graça.” (Rm 6.14). O domínio do pecado perde sua força debaixo da influência da graça. Quanto mais recebemos, compreendemos e fluímos a graça de Deus, menos o pecado tem domínio sobre nós.

A misericórdia de Deus não acabou com a quantidade de erros iguais que você cometeu. A misericórdia de Deus dura para sempre! Corra para ela em vez de ficar deprimido com seus erros. Se você ficar se inferiorizando e condenando estará perdendo as forças para vencer os erros. O perdão de Deus alcança cada um dos seus erros mesmo que eles sejam repetidos.

Sou um jovem que sempre esta dispoto a fazer a vontade de Deus. Estudante de publicidade e propaganda, apaixonado por teatro, fotografia e missões. Inconformado com esse mundo, busco a cada dia mais levar a palavra de Deus aos necessitados.

     
  Receba nossas novidades diretamente em seu email  
     
   
     


Comente com o Facebook

commentários



Ou use o nosso sistema padrão