Páginas de Navegação do Menu

A fé sem obras é morta

A fé sem obras é morta

“Porque, assim como o corpo sem espírito é morto, assim também a fé sem obras é morta” (Tg 2.26).

A fé é a adesão absoluta àquilo que se considera verdadeiro, uma esperança, sem qualquer tipo de prova ou critério objetivo de verificação.

“Ora, a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas que se não vêem.” (Hebreus 11:1)

Porém a mesma pode ser traduzida em obras que beneficiam o próximo e glorificam a Deus. Tiago não está falando de alguém na igreja que está querendo um carro mais novo ou uma casa na praia ou no campo. Ele está falando de gente na igreja que não tem o pão de cada dia e roupa suficiente para se cobrir ou se proteger do frio. “ E, se o irmão ou a irmã estiverem falta de mantimento cotidiano.” Tg 2-16

Tiago nunca afirma que as obras podem salvar; mas sim que a fé genuína e viva sempre redundará em boas obras. Jesus respondendo um questionamento de um doutor da lei, cita o exemplo de um bom samaritano: Descia um homem de Jerusalém para Jericó, e caiu nas mãos dos salteadores, os quais os despojaram e, espancando-o, se retiraram, deixando meio morto. Desceu pelo mesmo caminho um sacerdote, logo após um levita no qual ambos o avistaram e pararam de largo, ou seja não o estendeu a mão, mas um samaritano que ia de viagem chegou ao pé dele e, vendo-o moveu- se de intima compaixão; atou-lhe as feridas, cuidou dele e o hospedou.

Não significa que o sacerdote e o levita não tinham fé, nesta parábola não nos esclarece a respeito. Porém o samaritano usou de misericórdia, provou a sua fé e amor em Deus através de suas obras.( Lucas 10)

Em hebreus 11 cita a natureza da fé e exemplos de fé, no qual tirados do antigo testamento; homens que provaram a sua fé em Deus mesmo diante a diversas situações contrarias. Tiago cita nos versículos 21,22,23 e 24 do capitulo 2: Porventura Abraão, o nosso pai, não foi justificado pelas obras, quando ofereceu sobre o altar o seu filho Isaque? Bem vês que a fé cooperou com as suas obras, e que pelas obras a fé foi aperfeiçoada. E cumpriu-se a Escritura, que diz: E creu Abraão em Deus, e foi-lhe isso imputado como justiça, e foi chamado o amigo de Deus. Vedes então que o homem é justificado pelas obras, e não somente pela fé.

Abraão e tantos outros não foram salvos por terem uma imensa fé em Deus, mas porque provaram em obras, serviram ao Senhor e o obedeceram de todo seu coração.

Tiago contradiz Paulo, que inúmeras vezes disse que um homem é salvo e justificado através da fé no Senhor Jesus Cristo e sua ressurreição sem a necessidade de obras. Algo que devemos esclarecer do princípio é que a Palavra de Deus nunca se contradiz. Ainda que as obras não precedam a salvação e a fé (pois nós não somos salvos pelas obras), elas são, contudo uma consequência natural da salvação, elas surgem como um fruto, como um resultado da fé presente no coração.

- Porventura a fé pode salva-lo?

Meu desejo é ser um engenheiro, pastor e pregador abençoado e segundo o coração de Deus! Cristão desde criança, sempre buscando conhecer a Bíblia e aprender mais sobre Deus. Meu prazer sempre foi estudar a palavra de Deus e compartilhar o que aprendi. A partir disso, tive a oportunidade de ser colunista. Vi isso como uma forma de ser um instrumento de evangelização através dos meus textos. Espero que o nome de Jesus seja glorificado através do trabalho dos JOVENS EVANGÉLICOS (JE).

     
  Receba nossas novidades diretamente em seu email  
     
   
     


Comente com o Facebook

commentários



Ou use o nosso sistema padrão